com cólica e com saudade. me descobri adultecendo

.
nume (latim numen, -inis, anuência com a cabeça, poder divino)
s. m.1. ser divino. = deidade 2. ser sobrenatural. 3. espírito que se supunha acompanhar o homem para o inspirar ou proteger. = génio 4. inspiração.

na porta há uma placa que diz assessoria técnica. lá fora há ensaio de uma banda percussiva e de repente fevereiro me chega. a colega ao lado pergunta se sou festiva e respondo que mais ou menos, mas sou mais caseira e casada do que baladeira. bebo muita água e hoje me arrumei mais do que o convencional. mais do que o convencional significar pintar os olhos com rímel incolor que a mamãe me deu. espirro numa crise ensandecida de sinusite às três e meia da tarde e desejo meu cantinho. descubro pilantragens em meu nome e agora tenho de investigar assuntos aleatórios. desejo comprar livros infantis e não sei onde gastei ou perdi tanto dinheiro nesses treze dias já vividos de maio. os sinos ainda não repicaram, às dezesseis e trinta e dois. estou com cólica e com saudade. me descobri adultecendo mais ainda hoje: assinei um documento como coordenadora de algo grandioso. atravessei a avenida sem olhar pro lado oposto. não almocei ainda. meu colega de trabalho se casará amanhã e prometeu ir arrumadinho. o dólar se mantem estável. o avião da joice atrasou. flávia me acordou pra compratilhar o café da manhã com ela. tomei banho de chuva ao meio-dia e continuo [muito agradecida] em estar vivenciando o milagre de quem se reconhece amada e amando o sublime.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s