o tempo está:

.

houve um quê de diferente, dessa vez. nossos encontros sempre cercados de ares sorumbáticos a nos revelar o acúmulo de conhecimento um do outro em meio aos sorvetes, chocolates e clarice.

todo dia ele trazia um objeto novo: pedra, lua, crachá, palheta, pasta de dente, urso de plástico, carta escaneada, livro lido e muita lembrança de tempos idos.

o tempo está: me telefonou, me sacudiu em um vendaval de verdades, depois me pegou pela mão e, junto comigo, conduzimos o ritmo imposto.

se imponha, tome de conta, faça direito, coma melhor, ultrapasse, tenha calma, veja bem essa questão de você estar se irritando com todo mundo, não se sabote, siga em frente, não se aperreie, respire melhor, se escute, não vacile, tenha calma.

fortaleza são teus olhos.

fortaleza é tua presença.

——————————————–

para ler ouvindo essa música. aconselho que você ouça com delicadeza o barulhinho da rolha do vinho que você vai abrir, antes que a Nina Simone se derreta no seu sentido auditivo:

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s