rede avarandada

.
recebo cartas de amor por debaixo da porta e é o próprio amor quem me convida à transposição da rede avarandada para a cama e aos seus braços na madrugada de céu iluminado. há uma lua entre os meus lençóis e essa felicidade ora cantada em versos ou registrada nas palavras dos poetas ou nos desejos dos mais otimistas; esse sublime instante de saber-me viva e em comunhão com a paz e o dividir a estrada, esse é meu norte.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s