ter vida pra viver. depois contar.

.
todos as histórias de amor sem fim, que acabaram. todos os romances findados em rompantes. aquele tapa na cara dela que não dei, na cretina. a raiva que não consegui proferir ao babaca que me deixou plantada na calçada da vida com os braços cheios de planos. ah, eu tenho um milhão de melodramas pra te contar, mas tenho muito ainda te mostrar do que vivi! senta que te conto tudo, que te mostro as fotos, as cicatrizes, as manchas na pele, os cabelos já ficando brancos. dou play nas mais lindas e doloridas canções ouvidas. te apresento a melhor e mais bonita flor do meu jardim. compartilho experiências e vivencio meu calendae de afetos.

ter vida pra viver. depois contar.
depois te conto. agora estou ocupada vivendo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s