como se pudesse emoldurar aquele tempo nosso

.

te olhei de relance, entre o cuidado de atravessar a rua movimentada, o monumento catedrático, as quatro torres e aquela baleia que dizem estar ali entre os canais que ramificam o pajeú. você me sorriu, de óculos escuros, guarda-chuva-guarda-sol multicolorido e eu te cliquei, como se pudesse emoldurar aquele tempo nosso, de ponteiros que voam.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s