passarinha

.

é por aqui, ela dizia esbaforida enquanto dava pulinhos seguindo o caminho confeccionado para os deficientes visuais passarem, é bem por aqui. o zelador atrás, sorrindo o sorriso desdentado de quem já conversou horas a fio com a rolinha-caldo-de-feijão que pedia – quase que desesperadamente – para que ele acionasse o botão que deixa sair a água do bebedouro.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s