por todas as tatis que morrem em plena vida

.

perder é um modo de drástico de compreender ainda mais as fragilidades da condição humana, e, depois que aquieta a dor, poder tornar-se mais potente e mais resiliente. [glória diógenes]

ontem soube da partida da tati. desde ontem, baque grande, tenho questionado deus. em que você se apega para acreditar na existência? no depois?! simples assim: você tem uma vida, você estuda, trabalha, faz o bem, se esforça para crescer na vida, transforma a vida dos outros, se diverte, ama, se cuida e então vem o acidente e, que antes era vida, torna-se um vazio de repleto de memórias e saudades.

trabalhei junto de tati em 2011. de longe, a menina amostrada que divertia todo mundo, de perto, trocava confidências e contava dos planos de ir além. tenho uma ligação com ela porque também admiro muito e tenho um carinho especial por sua companheira de travessia.

há algum tempo não temos nos falado, mas acompanhamos a vida de todas nós nessa rede social. sim, também tem o lado bom dessas bizarrices!

desde ontem tido vontade de chorar pelo conjunto de perdas a que o ser humano vai se submetendo ao longo das jornadas. a primeira atitude que tive foi colocar o capacete na cabeça. fiquei pensando, deitada na cama – de capacete, em várias possibilidades de haver um dispositivo que resguardasse o corpo inteiro: se a vida é frágil, devemos cuidar de proteger-nos muito mais! de capacete, chorei copiosamente por todas as tatis que morrem em plena vida. de capacete, não pude enxugar minhas lágrimas e quando meu amor me abraçou, não nos tocamos. nos superproteger é também uma forma de nos afastarmos do outro.

Anúncios

Um comentário sobre “por todas as tatis que morrem em plena vida

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s